domingo, 6 de fevereiro de 2011

Lembrancinhas de casamento: doces lembranças

Certa vez, há alguns (bons) anos, quando eu era criança ainda, fui daminha em um casamento de um primo. Claro que eu lembro dos preparativos, da cara de meu priminho, meu par, entrando na igreja com cara de quem estava indo para a forca, e de minha tia dizendo que se a água benta respingasse em nós, estaríamos casados. Mas uma coisa eu lembro com frustração: a lembrancinha. Era uma cestinha, bem bonitinha, com uns confeitos de amêndoa cobertos de açúcar, embalados em um tule branco. Era tão bonitinha a tal cesta e os confeitos, que não tive coragem de comê-los. E eles estragaram. A cestinha, é claro, virou brinquedo.
O fato é que sempre achei a maioria das lembrancinhas de casamento cafonas. Cestinhas de cristal, sem confeitos, são bregas e sem graça. Noivinhos e trequinhos afins são um horror, com todo o respeito a quem faz. Não temos coragem de jogar fora, por consideração aos noivos, e também não deixamos a exposição na cristaleira da sala, como faziam os antigos. Por isso, a ideia de dar algo útil aos convidados me agrada muito. As lembrancinhas do casamento da Lu, do blog Mime Vai Casar, foram caixinhas de doces. Duplamente útil: os doces foram devorados, e a caixinha, de madeira, guarda coisas que merecem estár lá. É claro que o bolo, os doces, os pães de mel, e a mesa de café com biscoitinhos foram assinadas pela Fada Formiga. Isso sim é lembrança de casamento!
E assim foram as lembrancinhas de nossa amiga Nabile, a razão deste post. Fizemos deliciosos bolinhos de framboesas, recheados com creme de chocolate branco. Embalamos em saquinhos de organza, colocamos um botão de rosa lindo em cada bolinho e tcharan! Confiram nas fotos e, se alguém aí pensa em casar em breve, considere a dica: ofereça de lembrança algo útil e, melhor, saboroso. Se quiser, a Fada prepara para você!

Um comentário:

Julio disse...

Já estou esperando a QUARTA FEIRA do bolo!!!!!

Julio.